Capacitação

Auxílio Emergencial como resgatar?

No dia 2 de abril, o presidente brasileiro sancionou um auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 reais para trabalhadores informais de baixa renda; só que será concedido exclusivamente durante a crise gerada pela pandemia de coronavírus.

A princípio, o auxílio emergencial irá durar três meses; com chances de ter o prazo prorrogado com o desenvolvimento da pandemia. Por isso, economistas de diversos setores estavam cobrando mais agilidade no processo, uma vez que a crise já afeta o rendimento de milhões de brasileiros.

Quando será realizado o pagamento do auxílio emergencial?

Recentemente, o ministro da cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou que o auxílio emergencial deverá ter sua transferência iniciada a partir do dia 16 de abril para quem está no cadastro único. Este cadastro se trata de um banco de dados – no qual o governo federal tem nomes registrados de pessoas de baixa renda, habilitadas a receber os benefícios sociais.

De acordo com o anúncio do ministro, os primeiros beneficiados serão os que possuem cadastro no Bolsa Família e, por isso, estão aptos ao auxílio dos R$ 600 reais. Contudo, os beneficiários receberão apenas a ajuda de maior valor.

A ordem de pagamentos, deve ser primeiro destinada aos trabalhadores informais que recebem o Bolsa Família; os informais que estão no cadastro único, microempreendedores individuais (MEIs) e contribuintes individuais e informais que não estão em cadastro nenhum.

Os pagamentos serão feitos pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal – em três parcelas mensais. Os beneficiários receberão o valor em contas criadas especialmente para esse fim – que não exigirão a apresentação de documentos e não terão taxas de manutenção.

Auxílio emergencial sancionado

Onyx Lorenzoni anunciou no dia 6 de abril que o governo federal deve disponibilizar a partir do dia 07/04 o valor de R$ 600 reais para trabalhadores informais que possuem conta na Caixa.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, Lorenzoni também disse que os clientes do Banco do Brasil receberão o dinheiro na quarta-feira.

Como se inscrever no cadastro único?

A verificação de renda para receber o auxílio será feita pelo Cadastro Único; os trabalhadores informais que não estavam inscritos antes do dia 20 de março poderão participar por autodeclaração.

Para isso, é necessário baixar o aplicativo do auxílio emergencial para smartphones para realizar o cadastro. A recomendação é que as pessoas não corram para agências bancárias, lotéricas ou Centro de Referência Social (CRAS) neste momento.

A Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado estima que o auxílio emergencial vai beneficiar diretamente 30,5 milhões de cidadãos — cerca de 14% da população do país; segundo os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). E a estimativa de seu custo é de 59,9 bilhões reais em 2020 — o equivalente a 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB) do país no ano passado.

Fonte: El Pais


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Posts Relacionados