Inspiração

CEO da Acqio : Robson Campos

Robson Campos, o CEO da ACQIO, conta um pouco da sua história e revela o que é necessário para empreender.

Assim como muitos brasileiros, Robson faz parte dos 39% da população economicamente ativa que é dona do próprio negócio, de acordo com dados da consultoria McKinsey.

Para a ACQIO se posicionar no mercado, como está atualmente, Robson conta que enxergar as oportunidades no mercado foi essencial para essa conquista. Com esta ampla visão de negócio, a empresa subiu para 19ª posição no ranking das maiores redes de franquias do Brasil da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2019.

“Chegamos para cuidar de quem ninguém estava cuidando. Quando empreendemos, ajudamos muita gente. O mínimo que eu posso fazer, é ajudar outras pessoas a crescerem e a criarem suas próprias histórias de sucesso”, conta.

 

ceo-da-acqio-robson-campos

Transformar é preciso

Em 2014, Robson e os sócios Igor Gatis e Gustavo Danzi fundaram a Acqio e transformaram o modelo comercial de maquininhas de cartão, tornando a empresa a primeira franqueadora do produto.

Robson conta que sempre soube que o mercado de adquirência era bastante competitivo e, por esse motivo, decidiu focar desde o início nas classes C, D e E.

Ao encontrar essa oportunidade, investiu no modelo de franquias, que hoje cresce em torno de 10% a 15% ao mês.

 

Para se diferenciar, basta entender o mercado

Isso tudo só ocorreu porque em 2006, Robson ainda conciliava sua carreira no mercado financeiro com a gestão de um restaurante japonês.

Foi durante este período, que o atual CEO da ACQIO viu o quanto as taxas das administradoras de cartão eram abusivas.

No início, decidiu que para se diferenciar, a taxa que cobraria dos usuários de suas máquinas seria de 3%.

Para a época foi um grande choque, já que as companhias que prestaram cobravam entre 4 e 5%.

Além disso, Robson decidiu trabalhar também com a venda de suas maquininhas e não com aluguel, outro serviço muito comum de sua concorrência.

De acordo com ele, “esse modelo é interessante porque há uma relação mais próxima com o cliente. Se o dono da máquina precisa de suporte ou mesmo trocar uma bobina, é só acionar o franqueado”.

 

O CEO da Acqio diz – Desafios servem para aprender

Mas, assim como qualquer trajetória de empreendedorismo, a ACQIO também teve seus tropeços em sua trajetória.

Robson conta que, uma vez decidiram apostar na venda de terminais menores, lançando o produto amplamente no mercado.

Entretanto, o produto teve alguns problemas técnicos e a proposta teve que ser melhor estruturada.

“Nós aprendemos que inovar é importante, mas não podemos lançar um produto de forma massiva. É preciso testá-lo primeiro em um mercado pequeno, para depois expandi-lo”, afirma Robson.

 

100% brasileira e de fácil acesso

Hoje, a ACQIO se orgulha em estar entre as 15ª melhores franquias brasileiras.

Além disso, a empresa possui escritórios em São Paulo, Pernambuco e Paraíba, chegando a ter um faturamento médio de R$ 120 milhões por ano.

As franquias da ACQIO ajudam milhares de pessoas a se tornarem donas do próprio negócio e conquistarem sua independência financeira.

São mais de 80 mil empreendedores em todo o Brasil, muitos deles não “vistos” por outras administradoras de cartão, até então.

Por facilitar o acesso de vendas com cartão de crédito, principalmente em regiões mais desfavorecidas do país, hoje em dia diversos tipos de lojistas possuem meios para continuar crescendo no mercado.

 

Modelo de negócio para todos

Além de chegar nas classes que não tinham  acesso, a ACQIO deu poder a diversos novos empreendedores, com os modelos de franquias.

Com um baixo investimento inicial, é possível conquistar a independência financeira que muitos brasileiros sonham hoje em dia.

A ACQIO já transformou a vida de diversos franqueados, e continua conquistando cada vez mais espaço no mercado.

Para fazer parte desse time de sucesso, a ACQIO oferece treinamento para todos os franqueados.

“Tenho que munir o time de conhecimento para que cresçam no mesmo ritmo da empresa, que hoje conta com mais de 1.600 franquias”, conta o CEO da Acqio.

Para auxiliar seus franqueados, a marca oferece possibilidades de negociação em relação ao valor de taxas, cobrindo, inclusive, contrapropostas.

As maquininhas só precisam de bons vendedores.

 

A ACQIO permite o parcelamento em até 12 vezes para lojistas!

Além disso, o atendimento é presencial e consultivo, além de todo equipamento disponível para pessoa física e jurídica.

Com o cenário atual onde mais de 61% das empresas ainda não aceitam cartão; a ACQIO de fato surgiu como uma oportunidade única no mercado.

Conheça mais da história da ACQIO.