Capacitação

Redes sociais e sua importância

De acordo com dados do relatório Digital in 2019, só no Brasil, são aproximadamente 2,3 milhões de usuários ativos diariamente no Facebook e 1 milhão no Instagram, principais redes sociais.

Ou seja, as redes sociais são ferramentas importantes se você quiser atingir uma parcela maior do público que quer atingir para vender seu produto ou serviço.

Assim como você estudou o mercado para entender como oferecer da melhor forma a sua marca, a regra aqui é a mesma: é preciso que haja uma breve pesquisa para saber onde o seu possível cliente está no ambiente digital.

Por exemplo, lojas de roupas funcionam bastante no Instagram, por conta dos recursos e pelo público em si, mas uma loja de ferramentas mecânicas já não teria o mesmo sucesso, uma vez que o Facebook concentra mais este nicho.

Por isso, a dica é entender o perfil dos usuários para saber como a sua marca deve se comportar e onde deve estar nas redes sociais. Mas lembre-se: nada de começar por todas as mídias e começar a divulgar seu produto ou serviço como se estivesse em seu perfil pessoal!

Visibilidade vendas: a regra básica das redes sociais para negócios

Assim como em sua empresa, o profissionalismo é regra básica se quiser aumentar o número de seguidores e de fato quiser boas conversões nestas mídias.

O objetivo principal de estar presente no mundo digital é, principalmente, garantir visibilidade e vendas para o seu negócio. Por isso, utilize essas redes como se fossem a vitrine da sua empresa.

Entenda que você estará atingindo milhares de pessoas todos os dias, portanto, ser relevante é chave. Seu conteúdo competirá com fotos de viagem, notícias da família, fotos de bichinhos e por aí vai. Então criar algo que seja interessante para o seu público-alvo é essencial, se você quiser ser visto.

Listamos algumas boas dicas para você começar bem no meio digital e alavancar suas vendas. Confira:

#1 Quem você quer atingir?

Como dito anteriormente, o primeiro passo é saber com quem você estará falando. Seu público fora das redes digitais é quem te ditará com quem você estará conversando dentro delas, ou seja, defina o seu tom e o seu conteúdo de acordo com estes dados.

Mulheres na faixa etária de 20 a 30 anos se comportam diferentemente de homens da mesma idade, e, portanto, consomem o conteúdo de maneira diferenciada. Isso quer dizer que o modo no qual você oferta o seu serviço ou produto muda de acordo com o seu público.

Ter esses dados é um dos passos mais importantes, se você quiser começar com pé direito com as redes sociais. E não precisa de muito para saber disso, viu? Se você não dispõe de verba para uma pesquisa mais detalhada, entenda qual é o cliente que frequenta sua empresa diariamente e saiba que ele serve para o digital.

#2 Em quais redes sociais seu público está?

O público já está definido, agora é entender onde ele está. De acordo com a pesquisa realizada pela Hootsuite e We Are Social, de 130 milhões usuários ativos no Brasil no Facebook, 53% são mulheres e 47% são homens.

Já no Twitter, por exemplo, 34% são mulheres e 66% são homens. O mesmo perfil segue para o LinkedIn: 53% são homens e 47% são mulheres.

Portanto, utilizar essas informações ao seu favor é primordial para entender em qual rede você deve estar presente com a sua marca.

Se você souber utilizar esses dados, a escolha de uma ou duas mídias digitais – levando em consideração se terá uma equipe para cuidar disso ou se você fará esse trabalho -, e inicie seu trabalho!

#3 Como falar com o seu público?

Bom, definidas as redes sociais e o seu público, é hora de entender a linguagem que mais cabe na conversação. Se o seu mercado é mais jovem, por exemplo, utilizar uma forma de conversar mais informal é mais efetiva do que legendas formais demais ou cheias de chavões de negócio.

Faça testes para entender o que funciona melhor: se você puder fazer uma básica pesquisa de como o seu público interage conversa nas redes sociais, isso pode te dar insumos para falar “a língua dele”.

Isso não cabe só para como você escreverá as legendas, viu? É importante também até para os formatos que mais surtirão efeito – dependendo, claro, do seu objetivo. Será que ele converte melhor com posts de imagens estáticas? Ou é um público que gosta mais de stories?

Tudo isso você pode garantir com pesquisas sobre a concorrência e de público, claro. Como os outros conversam com o mesmo perfil de pessoas é o que deve te nortear, não somente para fazer diferente, mas para entender como o mesmo tipo de conteúdo se comporta.

#4 Como vender o seu serviço nas redes sociais?

Com isso em mente, entenda como você falará com o seu cliente: divida em duas frentes principais – o lado institucional, de cunho vendedor, e o informativo.

Isso é interessante porque seu público segue marcas que se identifica, e obviamente isso não quer dizer que essas empresas se comportam de forma totalmente vendedora no ambiente digital.

Levando isso para a prática, temos o seu próprio atendimento nas lojas. Sua forma de abordagem é completamente vendedora, ou há uma conversa e uma aproximação para entender o que o cliente quer, espera e busca? Quem sabe até uma conversa sobre as melhores dicas para utilizar seu produto ou serviço?

É isso que precisa ser levado para o ambiente digital. Muitas pessoas acreditam que é só criar posts e mais posts com o preço e a foto do seu produto que está tudo certo, mas não é bem assim.

O seu cliente não te segue só para ver promoções. Ele quer uma troca, ou seja, se ele vai comprar algo seu, você deve oferecer informações, dicas relevantes e notícias do setor para que ele se mantenha atualizado e continue te seguindo.

Portanto, realizar essa “curadoria” de conteúdo é essencial para manter sua página relevante. É preciso oferecer algo que seu cliente goste, engaje e converta. O jeito como você se comunica pode levá-lo até a sua loja – com ou sem o uso de mídia paga.

Conte com a ACQIO para vender mais

Ao oferecer esses quatro importante focos para estar presente nas redes sociais, é importante que você mantenha o seu cliente com o máximo de comodidade possível na hora do atendimento em sua empresa. Para isso, conte com as maquininhas ACQIO, que permitem o parcelamento e o uso do cartão de crédito para adquirir seus produtos ou serviços.

Entre em contato com o franqueado mais próximo a você e saiba mais.


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Posts Relacionados